Etiquetas

,

Calma, só comecei a sentir contrações!
Minha poesia agora é dor de parto.
Fato é que parir não demora.
Se não gloso o filho pela boca,
Me escorre pena afora.

Anúncios